<$BlogRSDURL$>



domingo, agosto 29, 2004


Confirmado! 

Menti na idade e fui mesmo contratado. E o Mourinho sabe que quero ser titular...

1 comentários

sexta-feira, agosto 27, 2004


5000! 

O visitante 5000 deste blog é um(a) cliente Netcabo que passou por aqui hoje às 12:49. Identifica-te, por favor.

2 comentários

No futebol não há milagres... 


0 comentários

quinta-feira, agosto 26, 2004


Câmara em vinha d'alho 


0 comentários

quarta-feira, agosto 25, 2004


Muddy date 

O tempo aqui está instável e estamos para decidir se vamos jogar futebol hoje à tarde. De qualquer modo, uma nativa já se "cortou" com o argumento de que o campo há-de estar enlameado e ela vai sair hoje à noite pelo que não se pode sujar. Sim, já perceberam: não estava nos seus planos passar pelo chuveiro entre a futebolada e a saída nocturna, ainda que haja mudança de indumentária...

1 comentários

Nuno na Pátria II 

Marquei também já os vôos natalícios. Aterro no Porto na noite de 19 de Dezembro (Domingo) e levanto na manhã de 5 de Janeiro (Quarta). O Natal é em Viana, o resto do programa decido mais tarde.

0 comentários

Nuno na Pátria 

Aterro no Porto na tarde de 5 de Outubro e levanto do Porto na tarde de 20 de Outubro. Estarei em Viana, Lisboa e nos outros pontos do País onde haja amigos a querer receber visitas.

0 comentários

terça-feira, agosto 24, 2004


Fantástico Rui! 


Tal como já tinha acontecido com os 100m, vi os 1500m em directo. Tinha fé numa medalha para o Rui Silva mas à entrada para a última volta pensei que ia ser difícil ultrapassar aquela gente toda. Depois foi vê-lo a passá-los um por um, gritar "Vai, Rui! Vai!" e pular com a constatação de que afinal havia mesmo mais uma medalha para Portugal...

0 comentários

segunda-feira, agosto 23, 2004


E vão duas! 


Francis, o mais ilustre filho adoptivo da Pátria...

0 comentários

domingo, agosto 22, 2004


 

Iraqi man comforts his son at a holding center for prisoners of war, An Najaf, Iraq, 31 March
(C) Jean-Marc Bouju (France, The Associated Press)


Eis a foto vencedora do World Press Photo deste ano.
Como diria o meu amigo Paulo, "ignorance and arrogance were the true weapons of mass destruction"...

0 comentários

sábado, agosto 21, 2004


Parece que já há bom senso na RTP 

Há muito que defendo que a RTP devia transmitir os jogos da Selecção Nacional e os privados deviam ficar com os dos clubes...

0 comentários

sexta-feira, agosto 20, 2004


A primeira Taça da temporada 


Espero que venham mais umas quantas...

1 comentários

 

O Alessandro, irmão da minha "housemate" Debora, é atleta olímpico e acaba de se classificar para a Final do Salto em Altura.

0 comentários

Dual-band rainbow 


Vi ontem um dos mais espectaculares arco-íris de que tenho memória. Era tão intenso que se via muito bem a segunda banda.
Isto para vos dar uma ideia de como anda o clima por cá: sol e chuva todos os dias.

0 comentários

Blog ordinário 

Um dos visitantes de ontem deu com este blog numa pesquisa no Sapo em que inseriu como única palavra-chave "fodilhona". Já percebi que, se desejar aumentar a "freguesia", basta introduzir aqui uns quantos vernáculos de cariz sexual...

0 comentários

quinta-feira, agosto 19, 2004


 

Começa hoje a Romaria...
Saudades...

2 comentários

quarta-feira, agosto 18, 2004


Casas e BI... 

... e a opinião de um entendido.

0 comentários

Sair pela porta grande 

Como apreciador de futebol, fico triste com o abandono da Selecção pelo Figo. As nossas cores vão deixar de beneficiar da sua magia. No entanto, compreendo e aprovo a sua decisão. Há que saber parar, antes que o peso da idade comece a delapidar qualidades, as ilusões dos seguidores e até alguma dignidade. A última imagem é a que fica...
Se a "pausa" que menciona for, como acredito, definitiva, o jogador revelou mais inteligência e lucidez do que muitas figuras proeminentes da política, do desporto, do espectáculo, da ciência e de todas as actividades em que a acção de um só indivíduo tem impacto dominante em muita gente. Suponho que este protagonismo especial tende a preencher muito a vida de quem o sente e, por isso, torna-se viciante, até porque exacerba a auto-estima e o espírito de missão.
O Salazar devia ter caido da cadeira 20 anos antes. A Amália devia ter parado de cantar um pouco mais cedo. O Soares devia ter-se retirado da vida política no dia em deixou de ser Presidente. O Jordan não devia ter voltado a jogar no dia em que definitivamente deixou os Bulls. O Watson já não devia dar palestras. O Papa... O Fidel...
Ao afirmar "vimos surgir um novo grupo de futebolistas, capaz de garantir a continuidade do nível alcançado pelo futebol português na última década" mostra ter os pés assentes na terra e dá um bom exemplo. É a passagem de testemunho natural, não forçada...

2 comentários

Fantasy Football 


Sar, Ferreira, Carvalho, Naybet, Reiziger, Ronaldo, Mendes, Pires, Gerrard, Bergkamp, Boa Morte: são estes os artistas que os 50 milhões me permitiram comprar. Não coube o Tiago porque não podia ter mais do que 2 jogadores do mesmo clube. Se quiserem acompanhar o meu percurso ao longo da temporada, o meu PIN é o 735276. Espreitai as regras, o jogo é giríssimo. Vai ser emocionante!

0 comentários

terça-feira, agosto 17, 2004


Ensino Superior: Ministério prepara ajustes no financiamento 

Ora aqui está uma medida cujo princípio aplaudo e que espero premeie e estimule a qualidade científica do ensino superior, em deterimento da mera quantidade de alunos.
Fico à espera dos critérios de avaliação...
E faço votos para que o esforço na investigação tenha repercussões positivas no ensino e não sirva de pretexto para os senhores Professores descurarem a sua missão docente. Farei fé nas palavras de Deus que um dia me disse acreditar que, em geral, os melhores cientistas são os melhores docentes.

0 comentários

Vento 

Sempre achei o nosso País bastante ventoso. Em particular, quem vive no litoral atlântico sabe quão difícil é ter-se um dia de praia sem "nortada". Isto já me tinha feito pensar que estávamos a subaproveitar escandalosamente este recurso energético natural e renovável. Esta minha opinião foi-se consolidando sempre que sobrevoava a Galiza e contemplava as míriades de ventoinhas eólicas a rodar furiosamente no cimo das colinas dominantes. No entanto, alguém me disse que a energia eólica era mais cara do que as fósseis e, por esse motivo. pouco competitiva. Parece que agora já não é e que o subaproveitamento era real e evitável...

O comentário do meu Pai:
Falta contabilizar o custo das "velas a S. Pedro" para que os ventos sejam regulares (5 - 20 m/s) e frequentes (> 3000 h / ano).
Se a "indústria do hidrogénio" acelerar (produção, armazenamento, transporte e distribuição, com a respectiva adaptação dos equipamentos consumidores ...), até ao fim da década deve haver soluções alternativas por esta via (a que a eólica estará associada na fase de produção).
Até lá, se o "pitrol" continuar a subir, não será estranho que a "velha" nuclear volte a "aquecer". Não estou a ver a "civilização ocidental" a passar frio!

0 comentários

segunda-feira, agosto 16, 2004


Paradoxo? 

Alguém me explica porque é que há tanta gente a usar sandálias e meias (normalmente grossas)? Não quero que me chamem reaça mas parece-me um insulto à sandália...

0 comentários

Gralha 

O texto anterior sobre "lapsos freudianos" fez-me lembrar uma gralha indiana que, há uma semana, viajou para Oxford no mesmo autocarro que eu. Ainda estávamos na paragem e já metia conversa comigo e com outro rapaz. Durante hora e meia, discorreu sobre o seu poliglotismo, a sua vasta experiência de viagem, o seu envolvimento passado em missões da ONU, o conservadorismo da estrutura académica cambridgiana, Ingleses cinzentos e Suecos "boring". Tudo isto, claro está, sem que qualquer correspondente pergunta tivesse despoletado a verborreia. A distribução dos lugares forçou o outro rapaz a ser interlocutor e permitiu-me olhar a paisagem mas não evitar ouvir o monólogo. Quando finalmente esgotou a prosa, decidiu dormir. Note-se que nessa altura eram 11:30h da manhã, estava um glorioso dia de Sol e a paisagem era bem verdinha. Mudou-se para o banco à frente do meu, por ser no lado da sombra, e empenhou-se em adormecer. Cedo desistiu do intento. Voltou-se para trás e queixou-se: não conseguia dormir porque os outros passageiros falavam muito...
Voltámos a Cambridge no mesmo autocarro. A noite e a chuva fizeram com que a rapariga, tensa, se concentrasse mais na estrada e na condução do motorista e quem dormiu fui eu...

0 comentários

CFA 

Sempre que ocasionalmente folheava o Expresso, ao fim de semana, e me dava ao trabalho de ler a "Pluma Caprichosa", ficava sempre com a sensação de má proporção entre forma e conteúdo. As acutilantes "plumadas" pareciam-me sempre inconsistentes. A exuberância do léxico parecia camuflar um vazio de ideias.
O Luís Rainha desmascara brilhantemente uma dessas fraudes cronistas aqui.

0 comentários

Veloz como um burro 

Viana aparece nas notícias sempre pelos motivos mais estranhos...

0 comentários

Ladies, just call me Barbosa 

Gostava muito dos meus nomes próprios até ler isto.
Fica assim explicado o porquê de tantas "tampas"...

1 comentários

Sou mais culta do que pareço! 

(Comentário ouvido há uns tempos aqui no lab.)

0 comentários

domingo, agosto 15, 2004


Comentários: HELP! 

Ao descobrir que a HaloScan arquiva todos os comentários com mais de 4 meses (a não ser que eu pague a tal “donation”) decidi passar a usar o sistema do próprio Blogger. Este sitema tem, no entanto, dois problemas. O primeiro, que me complica a vida na recuperação de comentários antigos, é que não permite a introdução de comentários em posts criados antes de 10 de Maio de 2004 (mesmo que eu lhes atribua data anterior). O segundo (menos importante) é que os comentários feitos por utilizadores não registados são dados como "Anonymous" pelo que é necessário assinar e pôr os dados na própria mensagem.
Alguém conhece um servidor de comentários gratuito que não tenha nenhum destes problemas?
Entretanto, peço-vos o favor de, por ora, irdes comentando via Blogger.

1 comentários

Sinestesias 

Nos 15 minutos abertos à comunicação social, ainda antes das 10 horas, foram bem audíveis os sorrisos do conjunto azul-e-branca.
A Bola, hoje

1 comentários

The City Centre 

Hoje, pedalando em pleno Centro da pequena Cambridge, fui interpelado por duas simpáticas moçoilas que me pediram... que lhes indicasse o Centro (da cidade, entenda-se).
Faminto (só literalmente), ensopado em suor (por força da intensa partida de ténis disputada minutos antes e da qual regressava a casa) e supreendido com a inusitada solicitação, acabei por não tirar proveito social da situação e limitei-me a direccionar as peregrinas para a muito próxima Great St Mary's, local a partir do qual se calculam todas as distâncias a Cambridge.

0 comentários

sábado, agosto 14, 2004


Grande Paulinho! 


0 comentários

sexta-feira, agosto 13, 2004


Alguns motivos para se gostar de Lisboa: 



Em Maio, pela objectiva de uma Australiana (thanks Nat!)...

0 comentários

Ouvir 

Deixo-vos com um texto que me enviou a Filipa (obrigado!):

Escutar atentamente significa dar a nossa atenção total e completa à outra
pessoa e diz-lhe que estamos interessados e preocupados. Escutar é difícil, e
não nos daremos a esse trabalho a não ser que tenhamos um profundo respeito e
interesse pelo outro...
Somos ouvintes atentos quando nos focamos inteiramente naquilo que é dito e nas
circunstâncias em que é dito. Não utilizamos audição selectiva...
Simplesmente tentamos absorver tudo o que o orador está a dixer verbal e não
verbalmente, sem adicionarmos, subtrairmos ou corrigirmos.

Carl Rogers, 1980

Como diria o Padre António Vaz Pinto, "já agora, vale a pena pensar nisto".

0 comentários

terça-feira, agosto 10, 2004


Festa Julina da Sociedade Portuguesa (2004/07/24) 



Um pouco da história...

0 comentários

segunda-feira, agosto 09, 2004


Oxford 


Dois dias fantásticos, na companhia de Amigos de quem gosto tanto...

0 comentários

sábado, agosto 07, 2004


Tangueiro? 


Não se desperdiçam Festivais destes...
Depois dos clássicos meninos prodígio (e algumas guapas que mereciam direito a solo), Tango. A noite até estava quente e húmida, convidativa... Os músicos eram excelentes, o repertório bem escolhido e fui "tocado" por muitas das notas. Acabei por comprar o CD, autografado pois claro. O par dançante também deu boa conta de si.
O serão teria sido perfeito não fosse a aparente acefalia da organização na escolha do local. É um facto que o calor e a humidade são culpa da geografia e do S.Pedro, que essas condições até ajudaram a simular o Verão de Buenos Aires e que os ares condicionados não costumam agradar a muitos artistas. É também verdade que a acústica mais adequada a música solene (o imponente orgão encastrado a toda a largura da parede do fundo era fiável bastião desta ideia) até beneficiava o acordeão. E não é menos certo que a vocação de sala de baile do espaço deu aos bailarinos o piso certo. O que ninguém entende é que o público estivesse sentado em cadeiras colocadas no mesmo plano em que dançavam Mina e Giraldo. Resumindo, só quem estava sentado na primeira fila é que via os pés dos ditos. Ver Tango sem ver os pés dos bailarinos não é ver Tango. Cambridge até está bem servida de anfiteatros... Ironicamente os músicos estavam colocados num plano 2 metros acima do chão e podiam ser observados, corpo inteiro, de qualquer canto da sala. Reclamei educadamente ao intervalo e vi partes do espectáculo de pé em cima de um radiador...

0 comentários

Solbi 

Esta é para quem anda à brocura de material informático barato com qualidade e garantia, sem exigir topos de gama.
(Obrigado João Paulo.)

0 comentários

Euryi 

Aqui está uma boa notícia para a colega do IMM que ilustra perfeitamente a importância do financiamento (e do tempo que se gasta a angariá-lo) em Ciência.

0 comentários

quinta-feira, agosto 05, 2004


"Quem é Morais" 

Fui vítima da genialidade do Rino. Leiam, está hilariante!

0 comentários

Salseiro? 

Ontem, pela primeira vez na vida, saí de uma aula de Salsa & Merengue com firmes intenções de voltar. Começo a pensar se não estarei doente, com esta nova mania de me dedicar a coisas para as quais não tenho jeitinho nenhum. Já não bastava o Hula Hoop...

0 comentários

Mundo pequenino 

Neste momento estamos a viver em Cambridge 4 colegas de Curso, do mesmo ano. Isto significa que cerca de 10% daquela "fornada" de Físicos veio parar a Cambridge. Viemos em anos diferentes, estamos a fazer coisas muito diferentes, não fomos induzidos uns pelos outros...
Está cá hoje uma estudante portuguesa a ser entrevistada com vista a um possível Doutoramento neste laboratório. Descobri que é de Viana.

0 comentários

Limitações técnicas 

Dada a minha falta de inspiração e disponibilidade para escrever crónicas bem estruturadas, felizmente não motivada por qualquer problema anímico (bem pelo contrário), tenho procurado recorrer aos audiovisuais para vos levar um pouco de mim. Dizem que uma imagem ou um som valem mais do que mil palavras. E se a introdução de fotos leves ou a redução do número de dias publicados na página principal parecem garantir que o blog não fica demasiado lento, a ideia de ter música de fundo revelou-se infeliz. Um mínimo de qualidade sonora implica ficheiros grandes. Continuarei a disponibilizar sons mas, como antes, só os ouve quem "clickar" no "play". Espero continuar a ser avisado sempre que houver problemas. Obrigado Filipe e Rui!
Descobri também, com desencanto, que todos os comentários feitos há mais de 4 meses são arquivados pela HaloScan e deixam de estar visíveis (a não ser que eu queira pagar uma "donation"). Vou procurar uma alternativa. Sugestões?

1 comentários